Didática


CÓD. NO SINGU: DHR30025

DISCIPLINA: Didática

CARGA HORÁRIA: 80h

CRÉDITOS: 04

 

OBJETIVO


Compreender a organização do trabalho docente, em seus aspectos teóricos e metodológicos, sua função no processo de construção do conhecimento escolar, mediante demandas educacionais solicitadas pelo contexto sócio-econômico, cultural e ideológico atual.
 

EMENTA


Evolução histórica da didática no contexto da educação brasileira. Análise crítica dos processos de ensino e de aprendizagem, à luz das tendências pedagógicas. Elementos fundamentais e estruturantes da prática pedagógica. Organização do trabalho pedagógico no cotidiano escolar. A sala de aula no processo educativo: Planejamento/Proposta Pedagógica e Projeto Pedagógico. Seleção ordenação, descrição e delimitação de objetivos, conteúdos, métodos de aprendizagem e avaliação.
 

METODOLOGIA


Aulas expositivas; exibição e debate de vídeos; análise individual de textos com fichamento ou construção de esquemas; debate coletivo de textos; elaboração de planejamentos, palestras com professores convidados; seminários promovidos pelos alunos, pesquisa de campo e seminários.
 

PROGRAMA


1. A educação, seus fundamentos sociológico-filosóficos

1.1. Principais correntes filosófico-pedagógicas

2. Elementos envolvidos no processo ensino -aprendizagem

2.1 - Aprendizagem e ensino

2.2 - Perspectivas metodológicas de aprendizagem

2.3 - As relações humanas no processo de ensino-aprendizagem

3. O planejamento de Ensino

3.1 - Conceito de planejamento

3.2 - Planejamento de ensino e educacional

3.3 - Plano de ensino: tipos, etapas e componentes básicos

3.4 - Elaboração de plano de unidade e plano de aula

3.5 - Os objetivos de ensino

3.6 - Organização e seleção dos conteúdos

3.7 - Métodos de ensino

3.8 - Recursos de ensino

4. A avaliação da aprendizagem

4.1. O cotidiano da sala de aula e o processo educativo

4.2. Formas de avaliação

5. Questões da educação brasileira

5.1. A problemática de gênero, raça e classe

5.2. O fracasso escolar

5.3. O problema do conflito cultural e o currículo

5.4. O multiculturalismo e a educação

5.5. A globalização e suas implicações

5.6. O neoliberalismo e a educação

5.7. A formação de professores

5.8. A educação e o trabalho

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA


AFONSO, Almerindo Janela – Avaliação Educacional: regulação e emancipação. São Paulo. Cortez, 2ª edição, 2002.

APPLE, Michel. Trabalho Docente e textos: economia política das relações de classe e de gênero em educação. Porto Alegre, Artes Médicas, 1995.

GANDIN, Danilo; CRUZ, Carlos Henrique Carrilho. Planejamento na sala de aula. Petrópolis: Vozes, 2006.

GENTILI, Pablo e SILVA, Tomaz Tadeu. Neoliberalismo, Qualidade Total e Educação. Petrópolis, Vozes, 1995.

FAZENDA, I.F.(coord). Práticas Interdisciplinares na escola. São Paulo: Cortez, 1999.

GADOTTI, M.. Concepção dialética da Educação: um estudo introdutório. São Paulo: Cortez, 2000.

TURRA, Clodia Maria e outros. Planejamento de ensino e avaliação. Porto Alegre, Sagra, 1986. 

GHIRALDELLI JR., Paulo. Didática e Teorias Educacionais. Rio de Janeiro: DP&A, 2000.

SILVA, Tomaz Tadeu (org.) Alienígenas na sala de aula – uma introdução aos estudos culturais em educação. Petrópolis, Vozes, 1995. 

VEIGA, Ilma Passos. Técnicas de ensino: Por que não? Campinas, S.P., Papirus, 1993.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR


ANTUNES, Celso. Professores e professauros. Petrópolis: Vozes, 2007.

ABRAMOWICZ, Anete e Moll, Jaqueline (org.) Para além do Fracasso Escolar. Campinas, Papirus, 1997.

ALVES, RUBEM. O preparo do educador In: O educador vida e morte, 6 ed., Rio de Janeiro: Graal,1985.

BOSI, Alfredo et al. Filosofia da Educação Brasileira. RJ, Ed. Civilização Brasileira, 1983.

CANDAU, V. M.(org.) A didática em questão. 9 ed., Petrópolis: Vozes,1991.

CUNHA, M. I. da. O bom professor e sua prática. São Paulo: Papirus,1989.

FREIRE, Paulo. Conscientização: teoria e prática da libertação – uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo, Moraes, 1980.

GENTILI, Pablo. Pedagogia da exclusão. Petrópolis, Vozes, 1996.

LINHARES, Célia Frazão. A escola e seus profissionais, tradições e contradições. RJ, AGIR, 1988. 

MENEGOLLA, M. I. e SANTANA, J. M. Porque planejar? Como planejar? Petrópolis: Vozes, 1992.

PIMENTA, Selma Garrido (org.) Didática e formação de professores: percursos e perspectivas no Brasil e em Portugal. São Paulo, Cortez Ed., 1997.

SILVA, Tomaz Tadeu. Identidades Terminais – as transformações na política da pedagogia e na pedagogia da política. Petrópolis, Vozes, 1996.

SILVA, Tomaz Tadeu e Gentili, Pablo (org.). Escola S.A – quem ganha e quem perde no mercado educacional do neoliberalismo. Brasília, CNTE,1996.

WACHOWICZ, L. A. O método dialético na didática. São Paulo: Papirus, 1989. 




<<
Setembro 2021
>>
DoSeTeQuQuSe
   1234
567891011
121314151617
18
19202122232425
2627282930